O verbo ser no singular transforma o pronome “nós” em um substantivo, que encerra as ideias de pertencimento, força e permanência de uma só vez. “Nóis” é um grupo, um tempo e uma potência. A antecipação do verbo ao substantivo, “é nóis”, ao invés de “nóis é”, dá a noção perfeita de suficiência. Não é preciso ser alguma coisa, porque “é nóis” já é tudo.

Noemi Jaffe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s