Seja em época de eleição ou durante o mandato de um político, a gente sempre repete a mesma coisa: precisamos acompanhar e fiscalizar as ações dos governos. Mas como colocar em prática essa fiscalização?

Desde 2012, todo mundo pode pedir acesso a documentos públicos ao governo graças à Lei de Acesso à Informação (LAI). De lá pra cá, a norma já foi utilizada mais de 17 mil vezes por repórteres e veículos de informação, segundo contagem da Controladoria-Geral da União, revelando irregularidades, casos de corrupção e detalhes sobre acordos assinados, por exemplo.

Mas o que eu, como cidadão, tenho a ver com uma coisa que parece tão burocrática? Como eu posso usar a LAI pra contribuir pra comunicação na e sobre a minha quebrada? Como transformar um pedido de acesso em uma reportagem? E, afinal, quais dados o governo precisa divulgar de fato e como eu posso ser estratégico pra conseguir acesso à uma informação de forma mais eficaz?

Na 2ª edição do Redação Aberta, convidamos duas jornalistas pra discutir sobre o assunto: Marina Atoji, da Abraji e Priscila Pacheco, da Agência Mural de Jornalismo das Periferias. O evento contou com mais de 20 pessoas, que aproveitaram pra tirar dúvidas, pedir dicas, entender a importância da lei, trocar experiências da utilização da LAI e saber dos direitos como cidadãos em ter acesso e cobrar transparência dos dados públicos.

Conteúdo

Áudio

Cobertura

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s