Amanda Rahra

Co-fundadora da Énois, é formada em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina e pós-graduada em gestão da comunicação pela ECA-USP. Atua nas áreas de produção, rede e relacionamento – captando recursos, cuidando das parcerias e  divulgando o trabalho dos jovens jornalistas da Escola de Jornalismo. É mãe da Tereza, gosta de cozinhar e está sempre aprendendo mais sobre redes sociais e sobre como encontrar gente afim de que o jornalismo seja mais democrático.

Bruna Gonçalves

É formada em técnico de cozinha e estuda Ciências Econômicas na PUC-SP. Diretora Financeira e ritmista na Bateria Universitária de Relações Internacionais. Membro ativa no bloco de carnaval voltado para o público lésbico Siga Bem Caminhoneira, onde organiza eventos e é percussionista. Faz trabalho voluntário no Projeto Amai-vos, entregando marmitas para moradores de rua. E é Administradora Financeira na Énois.

Camila da Silva

Estudante prounista de Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie e na EJ. Nascida em São Paulo e criada em Fortaleza, Guarulhos. Já atuou como social media, deu aula e participou de palestras sobre vestibular. É embaixadora do Descomplica, cursinho pré vestibular online e atuante na área de educação periférica e desigualdades sociais pensando nos pilares de raça, classe social, gênero e território. Apaixonada por jornalismo hoje atua como repórter na Agência Énois.

Gisele Brito

É jornalista graduada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Atuou como repórter nas redações da Folha Universal, Rede Brasil Atual, Brasil de Fato SP e Brasil de Fato e como pauteira na TV dos Trabalhadores, sempre cobrindo cidades e movimentos sociais. Entre 2009 e 2010, cursou especialização em Economia Urbana e Gestão Pública na Pontifícia Universidade Católica de SP. Entre 2016 e 2018, foi assessora de comunicação da urbanista Raquel Rolnik e do LabCidade, laboratório de pesquisa da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo. Foi condecorada com o 17° Prêmio Santo Dias de Direitos Humanos, promovido pela Comissão da Defesa dos Direitos da Pessoa Humana da Assembleia Legislativa de São Paulo. No mesmo ano, recebeu o Prêmio Compromisso com a Superação do Racismo e em Defesa da Igualdade, oferecido pela Afropress.

Guilherme Petro

Formado em Gastronomia pelo Mackenzie, já passou por diversas áreas dentro e fora dos restaurantes. Foi cozinheiro, garçom e fez gestão até de cozinhas universitárias. É gastrólogo, sommelier, bartender, assessor e fotógrafo de restaurantes, além de técnico em informática e de fazer ponto cruz, entre muitas coisas mais. O que isso tem a ver com a Énois? Tudo! Ele foi um dos jovens formado em Jornalismo pela EJ, é co-autor e hoje coordenador do Prato Firmeza – Guia Gastronômico das Quebradas

Nina Weingrill
Co-fundadora da Énois e da Escola de Jornalismo. Formou‐se em Jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero, tem pós‐graduação em Marketing Digital – onde desenvolveu o projeto online da Escola de Jornalismo – e MBA em Gestão de Projetos, ambos pela ESPM. Trabalhou em revistas da área jovem e de comportamento na Editora Abril, Editora Globo e Editora Mol. Hoje atua no planejamento, coordenação e desenvolvimento de projetos de jornalismo e educação. É fellow do International Center for Journalists (ICFJ) onde pesquisa ferramentas e metodologias para o desenvolvimento de jornalismo local.

Simone Cunha

Jornalista com mestrado em sociologia, trabalhou por dez anos na área de economia, em veículos como Folha de S. Paulo, OGlobo e G1. Focada em pesquisa, se debruçou sobre desigualdades sociais no mestrado e hoje voltou o foco pro jornalismo, olhando para formas de financimento, função social e representatividade. Ama tanto o jornalismo que vive de pensar e criticá-lo. É diretora de projetos da Énois e editora da Diversa, newsletter mensal sobre diversidade no jornalismo. É mãe do Nuno e trabalha noutro tempo, o da reflexão, mais monitorando do que usando as redes sociais. 

Simone Freire

É jornalista graduada pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Nasceu e cresceu em Cidade Tiradentes, Zona Leste de São Paulo. Foi editora e coordenadora de Jornalismo no jornal Brasil de Fato, voltado às pautas de direitos humanos e movimentos populares. Já colaborou com veículos como Revista Retrato do Brasil, Caros Amigos e Alma Preta. Hoje, é integrante do projeto Preto Império, na Brasilândia, Zona Norte de São Paulo – onde também faz morada -, além de ser editora da Agência Énois. Enquanto mulher, negra e periférica atua na descoberta e promoção de iniciativas de comunicação que tenham como pilares: raça, classe, gênero e território.

Vicente Góes

Formado em psicologia pela PUC -SP, pesquisa desenvolvimento humano e sustentabilidade na perspectiva transdisciplinar há sete anos. Integra a equipe de Formação Integrada para Sustentabilidade e Mestrado Profissional em Sustentabilidade na FGV e orienta processos de educação não-escolar no contexto do desenvolvimento infantil e de famílias educadoras do coletivo Barro Molhado. É orientador pedagógico da Escola de Jornalismo da Énois. Membro ativo do Centro de Educação Transdisciplinar (CETRANS) desde 2013.

Vinícius Cordeiro
Formou-se em jornalismo na Universidade São Judas Tadeu com bolsa do ProUni em 2015. Atualmente é repórter, social media, videomaker e editor das produções audiovisuais da Énois. Já teve reportagens e vídeos publicados no The Guardian, UOL TAB, Folha, Revista Galileu, Safernet, Agência Pública, além de ter participado da elaboração do Prato Firmeza. Já atuou como locutor, produtor, editor e diretor na rádio online da Universidade São Judas.

 


Conselheiras da Escola de Jornalismo

Kelayne Santos

Jornalista formada pela EJ, nascida e criada em Heliópolis. Já foi jovem aprendiz de Contabilidade e estagiária em uma biblioteca. Escreve poesias, se arrisca na arte de colagem, pintura e fotografia. Busca entender o mundo a partir das periferias e por meio da comunicação. Gosta de fazer cursos aleatórios, pesquisar sobre tendências de mercado e futurologia. Entre ser e estar, é co-autora do Prato Firmeza – Guia Gastronômico das Quebradas 2, Conselheira da EJ e Redatora | Community Manager na Mutato.

Thaís Marques

Mãe da Agatha e jornalista formada pela EJ17 com passagem pela Revista Forbes, BBC Brasil, UOL TAB, Huffpost Brasil e Catraca livre. Co-autora do Prato Firmeza 2, Conselheira da Escola de Jornalismo e Community Manager na Mutato. Gosta de moda, entretenimento e – quase – tudo que envolve cultura pop