Segundo a São Paulo Turismo, a cidade tem mais de 12 mil restaurantes. Bares? Mais de 15 mil. Padarias? Três mil. No entanto, a grande imprensa tende a explorar os eixos mais ricos e centrais da cidade.

Prato Firmeza: o guia gastronômico das quebradas” nasce como um serviço pra quem come e empreende na periferia. Mas também com um papel político importante: mostrar que a cidade é maior do que o que se passa entre as marginais. E que a “meca gastronômica” estava sendo subestimada. São Paulo tem um cardápio farto pra oferecer – custando bem menos.

Você pode comprar um exemplar clicando aqui.

giphy-1

As resenhas do Guia foram produzidas por dez jovens, também moradores das periferias de São Paulo, em formação pela Escola de Jornalismo da Énois. Eles investigaram suas quebradas e descobriram 40 estabelecimentos dignos de foto no Instagram – de veganos anárquicos e saborosos, como a Casa da Lagartixa Preta, em Santo André, a japoneses com cara de Liberdade, como o Ville Japan, no Jardim Marcelo, extremo sul de SP.

img_20161124_183459707_hdr

Você pode acessar ao site com todos os lugares mapeados clicando aqui. Pra comprar seu exemplar, clique aqui. Fique por dentro das erratas da primeira edição aqui.

Abaixo, você dá uma olhada em como foi colocar esse projeto em prática.

Você pode ajudar a Énois a fazer produças bacanas assim. É só virar um assinante da Escola de Jornalismo. Saiba como clicando aqui.

Saiu na mídia